COMO ANDAM VOCÊS? - Canalizado por Guto Corso - Ditado pelo Guardião 7 Encruzilhadas

Salve a inocência que todos vocês, advinda da oportunidade de acertar e errar, onde os acertos devem sempre se sobrepor aos erros cometidos, vivenciados e diluídos durante este curto período encarnado e por todo o sempre. 
Erros todos cometem e cometerão. Através deles, a Luz Divina e a Lei Maior vos equilibram e criam novas oportunidades de acertos. Assim, o aprendizado e reforma íntima se tornam parte do espírito e não da carne, impregnada por vocês de toda a sorte de ações desequilibradas, pelo que, se por infelicidade de vocês não ocorrer à reformulação de atos e escolhas, responderão também.
Sendo assim, eu pergunto: - Estão prontos, agora, para nascer de verdade aqui onde à vida se perpetua sobre os erros e acertos?
Aqui vocês serão juízes de seus atos e escolhas, se a lei assim permitir. Caso contrário, serão varridos para algum lugar escuro e fétido, junto dos donos que vocês mesmos outorgaram durante suas ações equivocadas e pertinentes somente a vocês, já conscientes de suas vidas.
Hoje é noite de Exu, quando perguntarei através desta escrita: - Como andam vocês e suas eternas tempestades de consciência, desde que receberam o presente de reencarnar e se deram por seres que pensam sobre suas vidas? Quando essas nuvens escuras perderão força e domínio dentro de suas vidas e corações?
Saibam que quando aqui chegarem essas nuvens serão sua prisão. Aí, sim, irá cair a tempestade da purificação, sob o jugo da dor, desespero e medo. Nós, guardiões, somente se for da vontade do alto, os conduziremos aos buracos de suas propriedades, cuidaremos e protegeremos vocês, pois é isso que guardião faz. 
Guardaremos e zelaremos por seus espíritos de seres imundos e perdidos, já sem lucidez, quando a loucura os torna incapazes de receber algo, sendo desprezados até pelos lúcidos do escuro, imprestáveis mesmo para serem usados como perturbadores do astral.
Protegeremos, sim, cada um de vocês, para que seu inferno pessoal seja pleno e só seu, durante a oportunidade de expurgar seus atos violentos contra sua evolução e de quem tenha sido prejudicado por vocês.
Saibam que seremos tão protetores de vocês, nossos protegidos, que nós, pessoalmente e sob a luz da lei iremos rastrear e trazer espíritos para acertar os débitos com vocês, quando, por misericórdia do alto e da lei, sanaremos os ódios e antagonismos criados por vocês nesta vida e em vidas passadas. 
Nós, Exus, somos servos do alto e senhores do embaixo. Quando encarnados vocês sabem e sentem como são protegidos e amparados, se de merecimento for.
E finalizo com a seguinte questão: - Com muito de vocês nossa relação é de amor, pai e filho; outros de trabalho, pois a lei assim nos colocou. Só que, de uma forma ou de outra, os laços se formam e este contato caminha sempre no desejo de nos vermos, tocarmos e finalmente nos abraçarmos. 
E digo então: em qual situação se dará este tão aguardado encontro? Será numa passagem rápida e calorosa, então vocês seguirão para as escolas de aprendizado do Alto, ou ainda ficarão mais um pouquinho sendo protegido por nós aqui no escuro?

Salve.


Guardião 7 encruzilhadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário