OFERENDA PARA IANSÃ

Muitas são as formas de celebração e de oferenda para Iansã. Duas delas, bastante importantes para o Orixá são o acarajé e o abará.

ACARAJÉ


A palavra acarajé ou àkàrà significa bola de fogo. Je significa comer. Àkàrà-je é “comer bola de fogo”. Esse é um que tem uma origem interessante que se relaciona ao mito da relação de Xangô com suas esposas Oxum e Iansã.

O acarajé é feito com feijão-fradinho que deve ser quebrado em um moinho em pedaços grandes e colocado de molho na água até a casca se soltar. Depois, quando já estiver sem casca, essa massa deverá ser passada novamente pelo moinho até se tornar uma massa macia.

Ela deverá ficar com a aparência de uma espuma e deverá ser frita no azeite-de-dendê. O primeiro acarajé de uma leva é sempre oferecido ao Exu.


ABARÁ

O abará possui a mesma massa do acarajé, porém, ele deverá ser cozido e não frito. Deve-se acrescentar à massa cebola ralada, sal e duas colheres de dendê.

É importante envolver a massa em pequenos pedaços de folha de bananeira, cozer em vapor e em banho-maria e deixa-lo para ser servido na própria folha.


Nenhum comentário:

Postar um comentário