OFERENDA PARA NANÃ



Há uma lenda de Nanã que diz o seguinte: certa vez os Orixás decidiram se reunir e chegar a um consenso de quem era o mais importante para a humanidade. Todos chegaram a decisão de que Ogum era o principal Orixá, já que seu conhecimento sobre a manipulação do ferro trouxe diversos benefícios ao ser humano. Nanã foi a única que discordou disto, e para provar que tal ideia era banal, ela torceu o pescoço dos animais que serviriam de oferenda nos rituais para Ogum.

Por esse motivo sacrifícios destinados a Nanã não podem ser cortados com metal.

Comidas: pirão com batata roxa, jaca e sarapatel.

COMO FAZER O SARAPATEL PARA NANÃ

Deve-se limpar e picar os miúdos de porco, passar uma grande quantidade limão e colocar para cozinhar. À parte, prepare um tempero com salsa, limão, coentro, pimenta do reino, cominho, cebolinha e folha de loro. Acrescente essa mistura aos miúdos e deixe terminar de cozinhar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário